Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Sites de conteúdo adulto podem passar a ter domínio próprio

Criação de domínio próprio para sites de conteúdo adulto deve ser aprovada hoje. A discussão sobre o assunto dura há dez anos e está longe de gerar consenso.

João Oliveira (www.expresso.pt)

Pode estar a chegar ao fim uma controvérsia que dura há vários anos. A ICANN (organização mundial responsável por estabelecer regras do uso da Internet) está prestes a aprovar a criação do domínio .xxx para sites de conteúdo adulto.

Numa reunião em Bruxelas, dirigentes da ICANN revelaram que o domínio podia ser aprovado hoje, dez anos depois da proposta da sua criação.

No entanto, este é um assunto longe de ser consensual. O domínio .xxx é alvo de críticas não só da parte de ativistas conservadores, que querem a internet livre de pornografia, mas também de alguns setores da indústria pornográfica, que veem neste novo domínio uma forma de discriminação digital.

Torna-se mais fácil identificar sites para adultos

Caso a proposta seja aprovada, os domínios .xxx podem começar a ser vendidos já este ano.

A ICM Registry, entidade que comercializa os domínios da internet, afirma que, com o .xxx aprovado, a indústria pornográfica pode passar a identificar-se e os utilizadores poderiam identificar mais facilmente sites de conteúdo adulto.

Por enquanto não se sabe se o uso do domínio .xxx será obrigatório para todos os sites de conteúdo adulto.