Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Robótica e Inteligência Artificial trazem 700 peritos a Portugal

Maior conferência do mundo realiza-se em Cascais.

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

Redator Principal

Cerca de 700 especialistas mundiais em computação, inteligência artificial e robótica estão reunidos até sexta-feira em Cascais, durante a Conferência Internacional sobre Agentes Autónomos e Sistemas Multi-agente, a AAMAS 2008. É o encontro mundial mais importante nesta área, sendo promovido pela Association for Computing Machinery.



Um dos grandes temas em debate, na área da robótica, é a criação de equipas de robôs e as dificuldades que estes enfrentam na interacção com o mundo real e com as pessoas. O outro, na área dos agentes virtuais, aborda a interacção destes agentes com as pessoas, em especial a capacidade dos mesmos manterem um discurso ou expressarem comportamentos emocionais socialmente credíveis, uma questão de importância central para as empresas de jogos de computador.



Os sistemas multi-agente aplicam-se em áreas tão diversas como a criação de robôs para a exploração espacial ou para jogar futebol, à simulação de cenários de apoio à decisão para definir rotas de transporte, escolher a melhor estratégia para combater incêndios ou criar guias virtuais para museus. As plataformas e ferramentas para o desenvolvimento, na actividade industrial, de aplicações baseadas em agentes, vão estar também em foco na conferência.



O evento é organizado pelo INESC-ID (Instituto de Engenharia de Sistemas de Computadores - Investigação e Desenvolvimento), com o apoio do Instituto Superior Técnico e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.