Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Raio laser fez 48 anos

Desde a transmissão de voz e imagem, à medicina ou à simples leitura de códigos de barra, o laser está omnipresente na nossa sociedade.  

Quando o primeiro laser surgiu, a 16 de Maio de 1960, foi descrito como "uma solução à procura de um problema". Quase cinquenta anos depois já são muitas as áreas onde está presente, desde a medicina ao entretenimento.

Na década de 60, Theodore Maiman revelou ao mundo o primeiro laser, nos Laboratórios de Pesquisas Hughes, na Califórnia. A escolha desta palavra foi simples: laser é formada pelas iniciais da expressão "Light Amplification by the Stimulated Emission of Radiation", o que numa tradução à letra significa,em português, amplificação da luz por emissão estimulada de radiação.

Logo após a sua invenção o laser tornou-se numa importante ferramenta laboratorial. Actualmente, a indústria dos lasers tornou-se multi-bilionária, sendo uma invenção omnipresente: desde a transmissão de voz, de imagem e de dados, à topografia, soldadura, leitura de códigos de barras, CDs, DVDs, medicina e holografia, o laser faz parte da nossa sociedade.

Na data em que se assinalam os 48 anos desta invenção, o Google dedicou a sua página inicial ao laser, com um logo especial escrito em formato de raio laser colorido.