Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Óscares: fado interpretado por Camané pré-nomeado

"Já não estar" tem letra de Manuela de Freitas e música de José Mário Branco. Interpretado por Camané no documentário "José e Pilar", o fado foi pré-selecionado para o Óscar de "melhor canção original".

O fado "Já não estar", interpretado por Camané no documentário "José & Pilar", de Miguel Gonçalves Mendes, foi pré-selecionado para o Óscar de "melhor canção original", anunciou hoje a Academia que atribui os prémios.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos anunciou a lista de 39 temas candidatos a uma nomeação para o Óscar de "melhor canção original" e o fado "Já não estar", com letra de Manuela de Freitas e música de José Mário Branco, interpretado por Camané, foi selecionado.

O fado integra o documentário "José & Pilar", que Miguel Gonçalves Mendes fez sobre o escritor português, Nobel da Literatura em 1998, sobre o processo criativo, sobre a relação com a mulher, Pilar del Río, com os leitores e com o mundo.

Documentário candidato a "Melhor Filme Estrangeiro"

Grande parte da banda sonora do filme português foi composta por David Santos (noiserv), mas inclui ainda temas interpretados por Camané, Paco Ibañez, Pedro Granato ou Adriana Calcanhoto, e já foi editada em CD. A pré-seleção desta canção acontece semanas depois do Fado ter sido considerado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. A academia divulgou ainda a lista das 265 longas-metragens aceites para uma possível nomeação para o Óscar de "Melhor Filme", e dela faz parte o documentário de "José & Pilar", por cumprir os requisitos, como ter tido estreia comercial nos Estados Unidos e ter estado pelo menos sete dias consecutivos em cartaz. O documentário é ainda o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de "Melhor Filme Estrangeiro". A 84.ª edição dos Óscares decorrerá a 26 de fevereiro em Los Angeles, Califórnia, mas os nomeados serão divulgados a 24 de janeiro.

Relembre o trailer do documentário José e Pilar