Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

O vinho mais saudável do mundo

Um médico e vinicultor australiano afirma ter produzido o vinho mais saudável do mundo. Com propriedades terapêuticas, beber duas taças por dia pode prevenir ataques cardíacos e até mesmo diabetes.

E se beber dois copos de vinho por dia ajudasse a limpar as artérias sanguíneas e a prevenir ataques cardíacos? Um médico e vinicultor australiano pensou nesta hipótese e afirma ter criado o vinho mais saudável do mundo, com características medicinais.

Philip Norrie, médico especialista em propriedades terapêuticas do vinho, dedicou os últimos três anos a observar pacientes que, segundo ele, morreram de doenças que poderiam ter sido prevenidas com um vinho medicinal. A fórmula consiste em adicionar doses extra de um polifenol antioxidante, mais conhecido por resveratrol, extraído da casca da uva, lê-se no site da BBC.

A cada litro de vinho, o médico junta até cem vezes mais resveratrol do que o habitual. Com esta dose adicional, a ingestão da bebida vai ajudar a limpar as artérias sanguíneas e a prevenir ataques cardíacos, derrames e até mesmo diabetes em 50%.

O poder do resveratrol

A substância já é conhecida por ajudar a combater ataques cardíacos, mas geralmente é usada apenas em reduzidas quantidades, que vão de três a seis miligramas por litro de vinho. Embora nesta bebida medicinal a dose seja bem maior, o médico garante que quem gosta de um bom copo de vinho não nota qualquer diferença no sabor.

"Os consumidores têm apenas de continuar a sua rotina, bebendo até dois copos, se forem mulheres, e entre três a quatro, no caso dos homens", explicou Norrie em entrevista à BBC. Quantidades excessivas "devem ser evitadas".

É um dos exemplos mais famosos da tradição australiana de médicos vinicultores, que existe há mais de 160 anos na Austrália. Norrie já escreveu oito livros relacionados com o vinho e a saúde. Actualmente está a trabalhar numa obra sobre a história do vinho na medicina nos últimos cinco mil anos.