Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu o cantor Beto (1967-2010)

O cantor português Beto, de 43 anos, morreu hoje em Torres Vedras vítima de um acidente vascular cerebral.

O cantor português Beto, de 43 anos, morreu hoje em Torres Vedras vítima de um acidente vascular cerebral, disseram à agência Lusa fontes da editora Farol e de uma das empresas patrocinadoras do músico.    Nascido em Peniche em 1967, Beto fundou em 1992 o grupo Tanimaria, que atuava habitualmente no bar Xafarix, em Lisboa.    O cantor chegou a representar Portugal no Festival da OTI em 1998, na Costa Rica, com o tema "Quem Espera (Desespera)", tendo alcançado o 3.º lugar.    Em 2000 foi convidado a gravar um disco com a cantora Rita Guerra, que deu origem ao álbum "Desencontros", apresentado por ambos em tournée por todo o país.    Só em 2003 lançou o seu primeiro álbum a solo - "Olhar em Frente" - que a Associação Fonográfica Portuguesa certificou com  Disco de Prata, e que chegou a disco de platina, segundo o site da Rádio Romântica FM, que apoiou o álbum de compilação de temas do cantor.   

Músicas em telenovelas

As suas interpretações ficaram conhecidas através de músicas que gravou para algumas telenovelas, como "Nunca Digas Adeus" ou "Tudo por Amor".    Em 2005 lançou o álbum "Influências", que em seis meses foi disco de platina com mais de 30.000 cópias vendidas.    Nos anos seguintes lançou "Porto de Abrigo" e "Por minha conta e risco". No ano passado, a Farol editou o seu disco "O Melhor de Beto".    *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.