Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Governo vai terminar Palácio da Ajuda

Barreto Xavier usa os €4,4 milhões do seguro das joias da Coroa que foram roubadas para pagar obras.

A fachada inacabada do Palácio Nacional da Ajuda vai, finalmente, ser concluída. Jorge Barreto Xavier, já tem em mãos o projeto arquitetónico de recuperação do edifício neoclássico datado da primeira metade do século XIX e pretende pô-lo em prática no mais breve período de tempo.

O secretário de Estado da Cultura está a trabalhar  no projeto "de remate do Palácio Nacional da Ajuda", disse fonte oficial do seu gabinete. Porém, este projeto não inclui apenas a recuperação do edifício. A instalação, em permanência, das joias da Coroa Portuguesa no Palácio é outra das iniciativas incluídas na valorização da Ajuda.

Na exposição inclui-se uma pepita de ouro considerada a maior do mundo. Guardadas no cofre da Casa da Moeda, esta vai ser a oportunidade para o público ter acesso ao esplendor da riqueza de uma corte outrora bem abonada.

A Secretaria de Estado da Cultura disse ainda ao Expresso que "já decidiu alocar o montante de €4,4 milhões respeitantes ao seguro das joias da Coroa Portuguesa roubadas na Holanda em 2002 para todo este projeto".