Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Google I/O apresenta novidades

Conferência anual da Google, a Google I/O, em que a empresa norte-americana divulga as novidades dos seus produtos, termina hoje em São Francisco. Confira o que há de novo no site destinado ao evento

João Oliveira (www.expresso.pt)

Depois de no ano passado a Google ter apresentado o HTML5, que se encontra ainda em fase de testes, estando a sua versão final prometida para 2012, este ano o motor de busca promete novidades que prometem revolucionar, uma vez mais, a Internet.

As novidades para o multimédia

No primeiro dia da conferência, quarta-feira, em São Francisco, a Google apresentou a Google Apps Engine for Business, que permite às empresas a criação de aplicações internas, utilizando a mesma estrutura estável, segura e fidedigna que a Google usa. Para além disso, associou-se à VMware, de forma a que a empresa possa disponibilizar as mesmas aplicações a quem desejar, através do cloud computing.

O lançamento da Chrome Web Store foi também abordado no Google I/O, que se apresenta como uma loja online de aplicações Web, que permite aos utilizadores a procura de aplicações, ao mesmo tempo que possibilita aos programadores chegar a novos utilizadores.

Sendo o vídeo um dos elementos fundamentais da experiência Web, a Google anunciou a criação do WebM, um projecto media open source, com vista ao desenvolvimento do VP8, um codec de vídeo de alta qualidade, optimizado para a Internet. Este projecto engloba ainda o Vorbis, um codec áudio bastante utilizado, também open source, e o Matroska, que pretende ser o formato de ficheiros multimédia por defeito.

Melhorias nas API

O Google Maps também foi alvo de melhorias, com especial destaque para os dispositivos móveis. Com a Google Maps API v3, a velocidade de navegação aumentou substancialmente. Foram ainda adicionados o iPhone Saphari e o Google Chrome como browsers móveis suportados pelo Google Maps Mobile, entre outras actualizações.

Também os feeds foram melhorados, com o upgrade da Feed API, que actualiza os feeds através de push update, isto é, disponibiliza os novos conteúdos assim que estes são publicados, sem ser necessário recarregar a página.

A Google Font Directory apresenta vários tipos de letra de alta qualidade, em formato aberto, que podem ser incluídos em qualquer site através da Google Font API.

Google Wave para toda a gente

No fim do ano passado, a Google lançou o Google Wave, uma plataforma que prometia revolucionar a forma como trabalhamos. Através desta plataforma, os utilizadores podem comunicar e trabalhar online (trabalho colaborativo) com recurso a texto, imagem, vídeo, mapas e muito mais. O acesso a esta plataforma estava, no entanto, condicionada a convite.

Ontem, a Google anunciou que vai abrir o Google Wave a toda a gente, sem ser necessário convite, através do Google Labs. Para além disso, o Google Wave pode ser integrado em qualquer site por parte dos seus administradores.

A Google I/O termina hoje e pode ser seguida no site destinado ao evento, onde está disponível o horário das apresentações. Pode ainda consultar um resumo das apresentações no canal do YouTube do evento, GoogleDevelopers.

Pode ainda seguir as novidades através do Twitter @googleio, da hashtag #io2010 ou no Google Buzz.