Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Helicóptero de emergência médica cai com quatro pessoas a bordo

INEM confirma desaparecimento da aeronave. Decorrem buscas, que estão a ser dificultadas, pela chuva e nevoeiro intensos, na freguesia de Campo, concelho de Valongo. O alerta foi dado por um habitante da zona

Uma helicóptero de emergência médica desapareceu no concelho de Valongo, avança a SIC Notícias. A notícia foi confirmada junto do INEM, depois de um primeiro alerta ter sido dado por um habitante da zona. Neste momento, decorrem buscas na freguesia de Campo, também no concelho de Valongo, mas as operações estão a ser dificultadas pela chuva.

Segundo informações apuradas pela Lusa, seguiam a bordo da aeronave quatro pessoas, "um enfermeiro, um médico, o comandante e o piloto", todos "ao serviço" da instituição.

Em comunicado, o INEM já veio explicar as circunstâncias do desaparecimento do helicóptero. "A aeronave em questão regressava à sua base, em Macedo de Cavaleiros, distrito de Bragança. Tinha acabado de realizar uma missão de emergência médica de transporte de um doente grave para o Hospital de Santo António, no Porto".

"O doente em questão era uma mulher com 76 anos de idade, com problemas cardíacos graves, do Hospital Distrital de Bragança para o Hospital de Santo António, no Porto. O transporte teve início às 15h13 horas, altura em que o helicóptero levantou voo da sua base para o Hospital de origem do doente, tendo o mesmo sido entregue aos cuidados das equipas médicas do hospital de Santo António cerca das 18h10", prossegue o texto, que adianta ainda o momento em que aeronave terá desaparecido: "O último contacto com o helicóptero foi registado por volta das 18h30, na zona de Valongo", quando já fazia a viagem de regresso à sua base. "Decorrem neste momento buscas, envolvendo vários meios de Proteção Civil, com vista a localizar o aparelho".

Notícia atualizada às 21h51 com o comunicado do INEM.