Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Resgatado corpo da segunda vítima do acidente na pedreira de Borba

O corpo da segunda vítima mortal da derrocada de Borba foi retirado pelas autoridades na noite deste sábado

As autoridades retiraram o corpo da segunda vítima mortal do acidente em Borba, na noite deste sábado, dia 24. A operação acabou por entrar numa nova fase após as declarações do comandante distrital de Operações de Socorro (CODIS) de Évora, José Ribeiro, à imprensa. O corpo, que foi recuperado por volta das 22:00, é do segundo operário da empresa que explora a pedreira.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) precisou que o corpo da segunda vítima mortal, o "segundo trabalhador que se encontrava a laborar no local no momento do aluimento de terras", foi localizada cerca das 21:00. "Os operacionais procederam já à remoção do cadáver, depois de terem removido os escombros" que o soterrava, referiu a ANPC, adiantando que o corpo foi encontrado "no plano de água que tem estado a ser drenado, desde terça-feira".

Ao início da noite soube-se que a pedreira onde se suspeitava estar o corpo da segunda vítima mortal do acidente, em Borba, estava quase "sem água", o que facilitaria as buscas. A informação havia sido dada este sábado pelo responsável pelo CODIS de Évora.

Na altura, José Ribeiro explicou que tinham "quatro bombas em funcionamento, com resultados muito visíveis na pedreira mais pequena", estando "praticamente sem água", apenas com "um metro" de profundidade, precisou aos jornalistas.

Na conferência de imprensa sobre o ponto de situação, o comandante assinalou que o poço desta pedreira ainda tinha"um conjunto de pedras e blocos", mas referiu que, com água drenada, as equipas de busca teriam "outras condições" de trabalho.