Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Vem aí uma nova revolução dos computadores

Dong Wenjie/Getty Images

Algoritmos sofisticados vão finalmente ter onde funcionar. Mas é preciso regular a Inteligência Artificial, alertam os especialistas

O primeiro supercomputador capaz de imitar o funcionamento do cérebro humano acordou para o mundo há oito dias em Inglaterra. Vinte anos depois de a ideia ter saído do papel, os engenheiros da Universidade de Manchester carregaram no botão ‘on’. E este não é apenas mais um avanço tecnológico, é um passo para o arranque de uma nova era de computadores capazes de pôr a funcionar os mais sofisticados algoritmos. É uma revolução, dizem os especialistas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)