Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

No caso de Tancos não há criminosos protegidos, garante Vasco Brazão

O ex-chefe de Estado Maior do Exército não deu as listas das armas roubadas e do material apreendido à Comissão de Defesa, alegando que se tratavam de documentos em segredo de justiça. O presidente da comissão parlamentar explicou, na sic notícias, que não havia qualquer reserva na divulgação das listagens. O major Vasco Brazão negou, entretanto, qualquer operação de encobrimento de suspeitos no processo de recuperação das armas roubadas em Tancos