Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Barco de pesca que estava à deriva em Caminha chega a Vigo dentro dois dias

Os dez tripulantes a bordo “estão bem, tranquilos e a colaborar com a corveta Jacinto Cândido”, que está a acompanhar a operação, afirmou o porta-voz da Marinha

O barco de pesca que estava à deriva ao largo de Caminha desde quinta-feira e que começou a ser rebocado cerca das 8h00 desta sexta-feira demorará "dois dias a chegar ao porto de Vigo, Galiza, informou hoje a Marinha. Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Marinha, comandante Fernando Fonseca, explicou que o "reboque está a decorrer a uma velocidade muito baixa, devendo demorar dois dias".

"Muito dificilmente o barco chegará a Vigo antes de domingo", referiu, adiantando que os dez tripulantes a bordo "estão bem, tranquilos e a colaborar com a corveta Jacinto Cândido, da Marinha", que está a acompanhar a operação.

O barco "Vila do Infante", de um armador de Vila Praia de Âncora, em Caminha, estava à deriva desde a manhã de quinta-feira sem energia, com dez tripulantes a bordo, a cerca de 160 quilómetros daquele concelho do Alto Minho. Na quinta-feira, em comunicado, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), adiantou que a tripulação é composta por cinco portugueses e cinco indonésios.