Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

A vida depois da morte

Camila Silva Duarte, 63 anos, e José Lourenço, 86. O casal perdeu a quinta mas salvou a vida no último minuto em Vila Nova da Ventosa, Vouzela. Dois irmãos e a cunhada de José morreram a poucas ruas deles. A dormir. Na casa ardida ainda se conta o quotidiano da família nos objetos ardidos do dia a dia

A tragédia dos incêndios do 15 de outubro foi ontem. Passou um ano num dia. A dor ainda tem cheiro

Raquel Moleiro

Raquel Moleiro

texto

Jornalista

Tiago Miranda

Tiago Miranda

fotos

Fotojornalista

Nas histórias de oito mortes relata-se as de 50. Mas também há vida. Quem ficou para contá-las, prolonga a existência de quem partiu. Agarram-se ao que deixaram para trás – uma aliança, um rádio, um cão – e continuam com uma resiliência que se solta dos genes e tudo vence. As hortas (a que se apegam como se gente fosse) já deram a primeira safra. Há casas a ser casas outra vez. Lares. E até um casamento. O fogo queimou o corpo de André, levou-lhe o pai mas deixou-lhe intacto o amor: “Casas comigo, Patrícia?” Ela disse sim.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI