Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Rovisco Duarte afirma que tudo foi feito para garantir segurança dos paióis do Exército

Nas comemorações do Dia da Brigada de Reação Rápida, em Tomar, o Chefe do Estado-Maior do Exército não fez qualquer referência ao furto de armamento dos paióis de Tancos, no verão de 2017, nem à operação que levou à detenção, esta semana, de elementos da Polícia Judiciária Militar e da GNR

O Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME) disse este sábado, em Tomar, que o investimento que se tem realizado "dá a tranquilidade de tudo" ter sido "feito no âmbito da segurança dos materiais, dos paióis e paiolins".

Frederico Rovisco Duarte presidiu às comemorações do Dia da Brigada de Reação Rápida, que se realizaram no estádio municipal de Tomar, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Comissão Parlamentar de Defesa Nacional, Marco António Costa.

Sem qualquer referência ao furto de material militar de paiolins do perímetro militar de Tancos, no verão de 2017, e à operação que levou à detenção, esta semana, de elementos da Polícia Judiciária Militar, incluindo do seu comandante, e da GNR, Rovisco Duarte salientou "o enorme investimento que tem sido realizado nas medidas para a consolidação da segurança militar" em "praticamente todas as unidades" do Exército.