Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

PSP identificou casal de cuidadores por assalto a residência de idosa em Espinho

Suspeitos aproveitando o facto de a idosa estar acamada, furtaram ouro, avaliado em cerca de três mil euros, que se encontrava guardado na residência da vítima, segundo a PSP

A PSP identificou e constitui arguido um casal de 37 anos, suspeito de assaltar a residência de uma idosa que estava acamada em Espinho, informou nesta sexta-feira fonte policial. Segundo um comunicado da PSP, os suspeitos são ambos cuidadores profissionais. Ele reside no concelho de Santa Maria da Feira e ela no concelho de Vila Nova de Gaia.

"Supostamente, no passado mês de agosto, os suspeitos aproveitando o facto de a idosa estar acamada, furtaram ouro, avaliado em cerca de três mil euros, que se encontrava guardado na residência da vítima", refere a mesma nota. De acordo com a Polícia, os bens furtados (dois anéis, quatro brincos, uma aliança, um fio e uma medalha) acabaram por ser recuperados numa loja de compra e venda de ouro.

A PSP diz que a investigação vai continuar a decorrer naquela Esquadra.