Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

GNR e PJM ‘plantaram’ armas no local onde foram encontradas

Foto Nuno Botelho

PJ deslinda os pormenores do caso. Munições, granadas e bombas estavam escondidas a 35 quilómetros dos paióis de Tancos, na propriedade da avó do principal suspeito. Foram transportadas dali para a Chamusca por dois elementos da GNR, numa carrinha da PJM, onde foram depositadas para serem encontradas... pelos próprios. Diretor da PJM autorizou a operação de encobrimento

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Jornalista de Sociedade

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.