Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Universidade de Coimbra e UpCells vão desenvolver vacina contra o cancro

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, inaugurou hoje na Universidade de Coimbra o laboratório UpCells, uma unidade piloto de terapia celular

Nuno Fox

A importância da relação entre a indústria farmacêutica e as universidades para a saúde pública foi hoje debatida na conferência promovida pela Expresso e pela Tecnimede

Cristina Bernardo Silva

Na abertura da conferência "Novas Fronteiras da Saúde - Do Saber à Investigação", que teve como palco a Reitoria da Universidade de Coimbra e foi antecedida pela inauguração do laboratório UpCells, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, realçou o contributo das parcerias entre empresas e universidades para o objetivo de reduzir para metade, nos próximos dez anos, as mortes por cancro na Europa.

O laboratório hoje inaugurado tem já em mãos um projeto para criar uma vacina para futura aplicação no tratamento de tumores do pâncreas e do pulmão.

Durante o debate, promovido pelo Expresso e pela empresa farmacêutica que criou o laboratório em conjunto com a Universidade de Coimbra, a Tecnimede, os vários intervenientes - Amílcar Falcão, vice-reitor da Universidade de Coimbra; Maria dos Carmo Neves, CEO do Grupo Tecnimede; Teresa Mendes, diretora do Instituto Pedro Nunes; Artur Mimoso, vogal executivo da SPMS; e Pedro Vilarinho, diretor-geral da HiSeed Tech - falaram dos muitos progressos, mas também das dificuldades que continuam a existir na cooperação entre universidades e empresas.