Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Nau do século XVI da Carreira da Índia descoberta no Tejo - e ainda tem pimenta

É o achado mais importante dos últimos dez anos, segundo os arqueólogos, pelo número de objetos encontrados e nível de conservação

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

Redator Principal

Os restos de uma nau da Carreira da Índia dos finais do século XVI ou início do século XVII foram encontrados na barra do Tejo por uma equipa de arqueólogos subaquáticos da Câmara de Cascais.

Nove canhões em bronze marcados com o escudo nacional ou com a esfera armilar, fragmentos de pratos de porcelana chinesa da época Wanli (1573-1619), grãos de pimenta, cauris (moluscos usados como moedas) do tráfego de escravos e partes do casco foram identificados na areia a 12 metros de profundidade ao largo do Forte de São Lourenço da Cabeça Seca (Bugio).

Leia a notícia completa na edição de hoje do semanário Expresso.