Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Câmara de Castelo Branco cria equipa para combater o insucesso escolar

O autarca, Luís Correia, adianta que a equipa vai trabalhar também na integração de crianças e jovens que vivem em comunidades desfavorecidas

A Câmara de Castelo Branco anunciou esta sexta-feira a criação de uma equipa de combate ao insucesso escolar nas escolas do concelho, que vai trabalhar na integração de crianças e jovens que vivem em comunidades desfavorecidas.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, explica que a autarquia constituiu uma equipa que vai implementar no terreno o projeto de Combate ao Insucesso Escolar.

"A equipa passa a integrar duas professoras, uma psicóloga e um animador cultural. Julgamos estarem reunidas condições para que o projeto possa ter os melhores resultados nesta ação como em todas as outras contempladas na candidatura aprovada", refere.

O autarca adianta que a equipa vai trabalhar também na integração de crianças e jovens que vivem em comunidades desfavorecidas.

"É um trabalho que estamos agora a iniciar e no qual vamos apostar de forma aprofundada", sustentou.

Luís Correia sublinha que, tal como em anos anteriores, o município continua a apoiar os alunos de famílias mais carenciadas.

"Este ano letivo, por iniciativa própria, a Câmara Municipal apoiará 600 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, dos escalões A e B, com a disponibilização gratuita das fichas de trabalho e cadernos de exercícios", adiantou.

No que respeita aos transportes escolares, ao nível da escolaridade obrigatória, a autarquia assegura o pagamento a 100% do custo do passe de 220 alunos, enquanto no ensino secundário garante o pagamento de 50% desse custo a 130 alunos.

Paralelamente, o município vai continuar a investir em atividades consideradas fundamentais, como a promoção e sensibilização para o empreendedorismo de crianças e jovens, logo a partir do 4.º ano de escolaridade.