Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Medicamento mais usado por doentes de Parkinson deixa de estar disponível no mercado

O Sinemet, que é atualmente o medicamento mais usado por doentes de Parkinson, vai deixar de ser comercializado, em 45 países, incluindo Portugal. A causa do desaparecimento do medicamento durante alguns meses é a ruptura de stock. A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) está à procura de alternativas para os doentes portugueses e apela a que não haja uma corrida às farmácias, como explica a presidente do Infarmed, Maria do Céu Machado