Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Filha e genro de professora assassinada suspeitos de homicídio qualificado e profanação de cadáver

A filha e o Genro da professora que foi assassinada no Montijo são suspeitos de homicídio qualificado e profanação de cadáver. O casal confessou o crime e aguarda julgamento em prisão preventiva. À SIC, a família de Iuri Mata, fala da personalidade perturbada de Diana, a filha da vítima, e rejeita a ideia de que o jovem de 27 anos alguma vez tenha planeado o crime