Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Doentes com acesso a novos medicamentos oncológicos

Marcos Borga

Autoridade Nacional do Medicamento aprovou a comparticipação de mais três tratamentos contra o cancro

Os doentes oncológicos tratados nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde vão ter acesso a novos fármacos. O Infarmed aprovou a comparticipação de mais três medicamentos inovadores.

Os tratamentos são destinados às neoplasias gástricas, à leucemia linfoblástica e ao cancro do pulmão e tiveram luz verde, durante o primeiro semestre deste ano, para serem utilizados nas unidades do Estado.

A par dos tratamentos contra as neoplasias malignas, foi ainda aprovada a comparticipação do Estado para mais 12 novos medicamentos. A maioria, sete, tem indicação para as doenças cardiovasculares, dois para o sistema nervoso central, como é o caso da esclerose múltipla, e os restantes para osteoporose, hipertensão pulmonar, doenças do sangue e do aparelho geniturinário.

No ano passado, o Infarmed aprovou um total de 60 novas moléculas e 51 em 2016, ambos números recorde.