Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ataque à frente ativa na Póvoa de Lanhoso "evolui favoravelmente"

O ataque ao incêndio que lavra na Póvoa de Lanhoso desde as 9h43 deste sábado está "a evoluir favoravelmente", de acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga

O fogo de grandes dimensões, que levou à evacuação de um parque de aventuras radicais, no qual se encontravam uma centena de pessoas, "continua a ter uma frente ativa" e não há "qualquer previsão" quando estará controlado.

A mesma fonte disse à agência Lusa que, além do bombeiro que sofreu uma entorse na parte da manhã, outro "desmaiou por cansaço" e "recuperou bem". O incêndio está a ser combatido por 236 bombeiros, 71 viaturas e seis meios aéreos, tendo havido um reforço de mais uma aeronave nas últimas horas.

O fogo deflagrou numa zona de floresta na freguesia Fonte da Arcada e Oliveira, Póvoa de Lanhoso.

  • Fogo obriga à evacuação de casas e de um restaurante na Póvoa de Lanhoso

    Um incêndio de grandes dimensões levou nas últimas horas à evacuação de casas e de um restaurante dentro de um parque de desportos radicais na Póvoa de Lanhoso. O fogo numa densa área florestal está a motivar grande preocupação e obrigou a um reforço do dispositivo de combate. No terreno estão mais de 150 bombeiros, com o apoio de seis meios aéreos.