Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Conselho de Redação da RTP dá parecer desfavorável a mudanças na direção de informação

Conselho de Redação lamenta ter tomado “conhecimento das alterações na direção de informação através das notícias dos jornais”

O Conselho de Redação da operadora de televisão e rádio pública RTP deu nesta sexta-feira parecer desfavorável à destituição de funções do diretor-adjunto de informação da RTP, Hugo Gilberto, e do subdiretor de conteúdos da RTP Açores, Victor Alves.

Depois de a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) se ter demonstrado na quarta-feira desfavorável a estas alterações, que incluem ainda a substituição de Hugo Gilberto e de Victor Alves por João Fernando Ramos e por Rui Goulart, respetivamente, o Conselho de Redação da RTP decidiu hoje "emitir parecer desfavorável sobre as mudanças na direção de informação, por ausência de fundamentação".

Num parecer daquele órgão enviado à administração da RTP, ao qual a agência Lusa teve acesso, o Conselho de Redação lamenta ter tomado "conhecimento das alterações na direção de informação através das notícias dos jornais", bem como ter recebido um pedido de parecer "dois dias passados sobre a publicação oficial das nomeações e exonerações", isto é, em 26 de julho.

"De acordo com a legislação, o Conselho de Redação colabora na definição das opções editoriais e, por isso, deveria ter sido informado atempadamente das mudanças no elenco e na estrutura da direção de informação, para além dos fundamentos que as justificam", aponta aquela estrutura na missiva a que a Lusa teve acesso.

O Conselho de Redação realça ainda que, nos últimos anos, "tem sido consultado, em devido tempo, sobre as alterações na direção de informação", pelo que afirma não compreender "os motivos que levaram a um procedimento diferente desta vez".

"Pelo exposto, e enquanto se mantiver a ausência de fundamentação, o Conselho de Redação não pode emitir parecer favorável às mudanças na direção de informação", refere a mesma informação.