Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Apagão em Oeiras, Cascais e Sintra. Bombeiros falam em “explosão seguida de incêndio”

Desconhece-se ainda a causa da explosão. Fornecimento de energia já foi restabelecido

Um apagão deixou sem energia elétrica largas zonas dos concelhos de Oeiras, Cascais e Sintra desde pouco depois das 20h00 desta sexta-feira. Um “incidente na rede de alta tensão” teria estado na origem dos cortes de energia, disse, inicialmente, uma fonte da EDP Distribuição à Lusa. O fornecimento nas zonas afetadas foi restabelecido pouco antes das 23h00.

De acordo com os Bombeiros Voluntários da Parede, em Cascais, ocorreu “uma explosão acompanhada de incêndio na subestação da EDP-REN Trajouce”, localizada em São Domingos de Rana, Cascais. “Por ser uma zona isolada, a explosão foi sentida a uma boa distância. Temos o relato de inúmeras chamadas de socorro, para uma forte explosão”, afirmou fonte dos Bombeiros Voluntários da Parede. De acordo com a mesma fonte, o incêndio foi extinguido cerca das 21h30, mantendo-se no local dois veículos dos bombeiros, com sete operacionais. “Estamos numa fase de avaliação da extensão dos danos com vista a iniciar os trabalhos na subestação, que ficou com danos na infraestrutura”, disse.

Além dos Bombeiros Voluntários da Parede estão também no local equipas da REN-EDP. Segundo fonte da EDP Distribuição procura-se, neste momento, perceber o que originou a explosão e como retomar o abastecimento de energia às zonas afetadas. “A EDP Distribuição está em contacto com a REN, estamos a tentar em primeiro perceber a causa e, em segundo, se conseguimos arranjar sistemas alternativos para mitigar, se não a totalidade, uma parte desta falha de abastecimento”, afirmou. A empresa não deu uma previsão sobre a hora a que poderá ser totalmente restabelecido o abastecimento de eletricidade naqueles três concelhos.

A falha no fornecimento nos três concelhos do distrito de Lisboa acontece num dia de temperaturas particularmente elevadas, a provocarem um aumento do consumo de energia. Nesta quinta-feira, dia igualmente de muito calor, o consumo de eletricidade bateu o máximo diário deste verão. De acordo com a REN – Redes Energéticas Nacionais, o pico do consumo naquele dia registou-se cerca das 14h30, quando em vários pontos do país se atingiam os 45º centígrados.

[Notícia atualizada às 22h54]