Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Governo declara “situação de alerta” no país até dia 6 devido ao calor

FILIPPO MONTEFORTE/Getty

Previsões meteorológicas para os próximos dias apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal

O Governo decidiu nesta quarta-feira declarar "situação de alerta" para o período entre 2 e 6 de agosto, devido à previsão de calor extremo e agravamento do risco de incêndio florestal, anunciou o Ministério da Administração Interna em comunicado.

"Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Governo, através do Ministro da Administração Interna assinou, esta quarta-feira, o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental", afirma.

No âmbito desta "Declaração da Situação de Alerta", prevista na Lei de Bases de Proteção Civil, o Governo determinou algumas medidas de caráter excecional, como a dispensa do serviço de funcionários públicos que sejam também bombeiros.