Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Portugal vai enviar 50 bombeiros da força especial para ajudar a Grécia

A decisão foi anunciada em Figo Maduro por Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, antes da partida do avião português para ajudar a combater os incêndios na Suécia, que tinha feito um pedido ajuda à União Europeia esta segunda-feira, antes de a Grécia fazer um apelo semelhante. “A decisão política está tomada, vamos ajudar a Grécia nos incêndios. Sabemos bem o que isso significa”, frisou o ministro

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, anunciou esta terça-feira que Portugal vai enviar ajuda para combater os incêndios na Grécia, compreendendo "o nível dramático" que esta situação assumiu.

"Sabemos bem o que isso significa", enfatizou o ministro da Administração Interna, que anunciou esta decisão no aeroporto militar de Figo Maduro, em Lisboa, de onde partiu o avião português destinado a ajudar no combate aos incêndios na Suécia.

"Vamos ajudar a Grécia, a decisão política já está tomada", enfatizou Eduardo Cabrita, adiantando que "50 elementos da força especial de bombeiros" partirão para a Grécia "entre hoje e amanhã" (terça e quarta-feiras).