Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Detetada legionella no Hospital da Figueira da Foz. Não há casos de infeção

Administração regional de Saúde confirma ter havido um resultado positivo em três análises realizadas para a pesquisa de Legionella Pneumophila no Hospital da Figueira da Foz. Mas não há qualquer caso identificado de infeção em doentes e trabalhadores

A administração regional de Saúde do Centro (ARS Centro) confirmou ao Expresso a "existência de uma análise positiva para pesquisa de Legionella Pneumophila" nas instalações do Hospital Distrital da Figueira da Foz, mas adiantou que outras duas análises de amostras de água recolhidas na mesma altura em diferentes pontos da rede deram resultado negativo.

Os resultados da análise às recolhas efetuadas foram comunicados a 17 de julho à administração daquela unidade hospitalar. A ARS Centro adiantou que, "até à presente data [23 de julho], não há qualquer caso identificado de Pneumonia a Legionella Pneumophila, quer em doentes quer em trabalhadores".

A colheita, segundo esclareceu aquela entidade, foi feita no âmbito do Programa de Intervenção Operacional para a Prevenção Ambiental de Legionella em Unidades Prestadoras de Cuidados de Saúde.

Na sequênfcia do resultado positivo detetado, a ARS Centro acrescentou que foram "implementadas" as medidas previstas para estas situações, o que inclui o "encerramento dos chuveiros no local da colheita, o reforço das medidas de higienização e desinfeção das instalações e equipamento hoteleiro, a realização de choque térmico na rede e circuito dedicado de água quente". De acordo com as informações prestadas ao Expresso, "foram ainda agendadas novas colheitas de controlo para além das já programadas".