Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Trânsito retomado na A12 após corte devido a fumo

A autoestrada A12 esteve cortada desde as 17h40 por "não haver condições de visibilidade", devido ao fumo de um incêndio em mato que deflagrou na freguesia de Pinhal Novo, concelho de Palmela, distrito de Setúbal

O trânsito na A12 no sentido Setúbal-Lisboa já foi retomado, após ter sido cortado este sábado devido a uma massa densa de fumo originária de um incêndio em mato na zona de Pinhal Novo, disse fonte da GNR.

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o trânsito na autoestrada 12 (A12) esteve cortado desde cerca das 17h40, por "não haver condições de visibilidade", devido ao fumo de um incêndio em mato que deflagrou na freguesia de Pinhal Novo, concelho de Palmela, distrito de Setúbal, tendo a "reabertura total da via" ocorrido às 19h24.

Já o comandante distrital de Proteção Civil de Setúbal, Elísio Oliveira, indicou como um dos motivos para o corte de trânsito o facto de as pessoas terem feito inversão de marcha na autoestrada.

"As pessoas não devem ter este tipo de atitude, colocam em risco a sua vida e a vida dos outros", adiantou. Segundo Elísio Oliveira, o incêndio foi considerado dominado às 19h14.

Cerca das 18h, o oficial de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil disse à Lusa que o corte de trânsito foi provocado por um incêndio em mato, que "tendo em consideração o combustível produziu uma massa densa de fumo" que, devido ao vento, atingiu a A12.

Segundo a mesma fonte, devido à reduzida visibilidade, algumas pessoas deverão ter-se assustado e iniciaram inversão de marcha, tendo sido de imediato enviadas para o local equipas da Brisa e da Brigada de Trânsito da GNR para "auxiliar nesta manobra".

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o alerta para este incêndio foi dado às 16h10, tendo sido mobilizados 94 operacionais, apoiados por 32 viaturas e dois meios aéreos.