Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Duas turistas presas num elevador em Lisboa telefonaram para a polícia de Lisbon, no Maine

A operadora que as atendeu compreendeu a situação e tratou de arranjar o contacto da polícia lisboeta, a quem ligou

Luís M. Faria

Jornalista

Quando alguém fica preso num elevador, a primeira opção é a de carregar no botão de emergência. Falhando isso, hoje pode-se tentar usar o smartphone para arranjar o contacto das emergências.

Foi o que fizeram duas turistas estrangeiras que ficaram presas num elevador em Lisboa. Como ninguém respondeu ao alarme, procuraram o contacto da "Lisbon police". O problema é que foram parar à polícia da cidade de Lisbon, no estado norte-americano do Maine.

A pessoa que as atendeu, felizmente, compreendeu a situação. E não só compreendeu como procurou arranjar o contacto da polícia em Lisboa, capital de Portugal. Com alguma dificuldade (por causa da barreira linguística) lá explicou o que se passava e conseguiu que alguém fosse libertar as duas turistas.

A história já tem algumas semanas, mas foi agora contada numa televisão local pela mulher que atendeu a chamada original. Mostrando. uma vez mais, que, num mundo conectado, o importante é não ficar sem sinal. E resolver outras dificuldades de comunicação.