Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

“Foi dada sem efeito a diligência por razões processuais”, diz advogado de Manuel Pinho

À saída do DCIAP, esta manhã, o advogado de Manuel Pinho informou que a deligência foi dada sem efeito. Ricardo Sá Fernandes diz ainda que para já não foi marcada outra data e falou ainda sobre as expectativas que tem em relação ao processo que envolve o ex-ministro