Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Helicóptero de ataque inicial aos fogos florestais já está na Madeira

Já se encontra na Madeira o helicóptero de ataque inicial aos fogos florestais, mas só estará sob a alçada do Serviço Regional de Proteção Civil a partir de sexta-feira

O helicóptero de ataque inicial aos fogos florestais já se encontra na Madeira, mas só estará sob a alçada do Serviço Regional de Proteção Civil a partir de sexta-feira, confirmou esta segunda-feira o presidente daquele organismo, coronel José Dias.

"Ele está a ser montado e entrará ao serviço a partir do dia 15 de junho e até 15 de outubro tal como está contratualizado", referiu. O Conselho do Governo Regional da Madeira aprovou a 24 de maio o Plano Operacional de Combate aos Incêndios Florestais (POCIF) para 2018 que, pela primeira vez, dispõe de um helicóptero de ataque inicial.

O POCIF vigorará entre os dias 15 de junho e 15 de outubro, podendo este período ser prolongado. O dispositivo do POCIF 2018 contará pela primeira vez com um helicóptero de ataque inicial (HEATI), com a respetiva equipa helitransportada, baseados na sede do Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM.

A 31 de agosto de 2017, o Conselho do Governo Regional aprovou, na sequência de um relatório do Ministério da Administração Interna, a utilização de meios aéreos no combate a incêndios em áreas florestais e urbanas na região entre 15 de junho e 15 de outubro de cada ano, pelo preço de 1,2 milhões de euros, suportado pelo Orçamento Regional.