Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Montenegro pondera avançar para a liderança do PSD

Nuno Botelho

Existe, neste momento, um movimento interno no PSD para recolher assinaturas e convocar um conselho nacional extraordinário com vista a destituir a direção de Rui Rio

Luís Montenegro está a estudar a possibilidade de avançar como candidato à liderança do PSD, caso o cenário de demissão de Rio venha a tomar forma, avança o “Público” esta quinta-feira.

Existe, neste momento, um movimento interno no PSD para recolher assinaturas e convocar um conselho nacional extraordinário com vista a destituir a direção de Rui Rio. Como já foi noticiado ontem, esta iniciativa partiu de várias distritais do PSD.

A tensão dentro do PSD voltou a aumentar esta semana depois de a ex-líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, ter defendido que preferia ver o seu partido com um “pior resultado” do que ter o “rótulo de direita”.

“Quero dizer com toda a frontalidade: estarei sempre na linha de um PSD grande e ganhador”, disse Luís Montenegro, aos microfones da TSF, na quarta-feira. “Muito em breve falarei sobre e estado do PSD, falarei mesmo sobre o futuro do PSD porque entendo que este estado de coisas tem de acabar e isto tem de mudar: o PSD assim não se vai conseguir afirmar”, garantiu.

Segundo o matutino, as declarações de Luís Montenegro soaram como um aviso dentro do PSD. Aquando das eleições primárias no partido, Montenegro disse que se a oportunidade voltasse não pediria “licença a ninguém”.