Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Valor das pensões antecipadas caiu 10% em dez anos

d.r.

Em média, as 17,4 mil pessoas que se reformaram antecipadamente no ano passado levaram para casa cerca de 577 euros, numa quebra de 10% face a 2007, revela o “Jornal de Negócios” esta sexta-feira

Nos últimos dez anos, o valor médio das pensões antecipadas atribuídas pela Segurança Social caiu cerca de 10%, revela o “Jornal de Negócios” esta sexta-feira. Em média, as 17,4 mil pessoas que se reformaram antecipadamente no ano passado levaram para casa cerca de 577 euros, numa quebra de 10% face a 2007. Estes dados constam de uma análise sobre a sustentabilidade da Segurança Social que acompanha o relatório do orçamento do Estado, a que o matutino teve acesso.

O emagrecimento nas pensões dos trabalhadores foi ainda mais acentuada no caso daqueles que passaram pelo regime de desemprego de longa duração; estes reformam-se em média com 570 euros, o que representa uma quebra de 12% face a 2007, indica o mesmo relatório.

De acordo com os dados da Segurança Social, a maioria das pensões antecipadas continua a ser atribuída a pessoas que passaram pelo regime de desemprego de longa duração (74%). Ainda assim, “o grupo de indivíduos que antecipam a pensão por flexibilização, na maioria dos anos, são os detentores de pensões médias mais elevadas”, destaca o relatório.