Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Interior do país só atraiu 25% dos grandes investimentos nos últimos dez anos

Entre 2008 e este ano, o investimento no interior do país foi de 1,8 mil milhões de euros, enquanto no litoral chegou quase aos 4,9 mil milhões

Nos últimos dez anos, foram assinados e apoiados 443 grandes projetos de investimento negociados pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP). Dos 443 projetos, apenas 117, ou seja, 26,4% foram para o interior do país, muito longe dos 326 instalados no litoral, correspondendo a quase 74% do total, conta o “Diário de Notícias” esta segunda-feira.

De acordo com o matutino, estes dados constam de uma resposta da AICEP enviada aos deputados do PSD, que no final de junho pediram informação detalhada sobre os contratos de investimento, queixando-se da falta de dados estatísticos públicos sobre “a localização dos grandes projetos de investimento e dos benefícios contratados e concedidos pelo Estado”.

Além do número de projetos no litoral ganhar por larga margem ao interior, também em termos de valor, mostram os números da AICEP, há uma grande disparidade: entre 2008 e este ano, o investimento no interior foi de 1,8 mil milhões de euros, enquanto no litoral chegou quase aos 4,9 mil milhões.

A AICEP, note-se, apenas analisa projetos com um investimento superior a 25 milhões de euros ou que sejam de iniciativa de empresas com uma faturação anual consolidada com o grupo em que se insere superior a 75 milhões de euros.