Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Catarina Martins e um futuro Governo com o PS: “Aqui estamos para todas as responsabilidades”

RUI MIGUEL PEDROSA/LUSA

Apesar de assumir a intenção de integrar um futuro Governo com o PS, Catarina Martins fez questão de lembrar que o BE é um partido responsável nas suas políticas económicas, e que não deixará de ser oposição aos socialistas

Depois daqueles que poderão vir a ser lembrados como os “anos da geringonça”, o Bloco de Esquerda saiu a título definitivo da periferia do poder? No encerramento do Fórum Socialismo, Catarina Martins, líder do BE, subiu ao púlpito para deixar uma mensagem clara e transparente: o seu partido está disponível para ir mais longe no apoio a um futuro governo do PS e admitiu até integrá-lo, conta o “Público” esta segunda-feira.

“Aqui estamos para todas as responsabilidades. Somos o Bloco de Esquerda”, atirou Catarina Martins, já no final do seu discurso. A comunicação da líder do BE “parecia um discurso de fim de campanha eleitoral, apesar de estarmos a mais de um ano de eleições legislativas”, afirmou o matutino.

Na mesma intervenção, Catarina Martins fez questão de lembrar que o BE é um partido responsável nas suas políticas económicas, e que não deixará de ser oposição ao PS; esta contra-força, contudo, irá ocorrer de forma “construtiva”. Para tal, deu um exemplo: o Governo chegou a achar irresponsável aumentar as pensões mais baixas de forma extraordinária ou o aumento dos escalões do IRS. “Alguém hoje é capaz de dizer que foi irresponsável? Não, nem o Governo, ainda bem que o fizemos”, disse.

“É à exigência do BE que se devem muitas das medidas que fazem parte da nossa vida coletiva. Estivemos à altura da responsabilidade que depositaram em nós”, concluiu.