Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Catarina Martins tem posição em empresa de alojamento local no interior do país

PAULO NOVAIS

Catarina Martins fundou a Logradouro Lda. com o marido há quase dez anos e foi sócia-gerente da empresa até final de 2009, momento em que assumiu funções como deputada em regime de exclusividade

Catarina Martins, coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), é sócia de uma empresa que se dedica ao alojamento local no interior do país, revela o jornal “ECO” esta terça-feira. Esta notícia surge menos de 24 horas depois da demissão de Ricardo Robles, vereador bloquista no município de Lisboa.

De acordo com o matutino, Catarina Martins fundou a Logradouro Lda. com o marido há quase dez anos e foi sócia-gerente da empresa até final de 2009, momento em que assumiu funções como deputada em regime de exclusividade. Na época, cada um detinha uma quota de 50%.

Já em 2009, a entrada de Catarina Martins no Parlamento levou a alterações na gerência da empresa. O marido manteve-se como gerente e entraram dois novos sócios: Ana Maria Manso Soares e José Manuel Carreira, sogros de Catarina Martins e proprietários de “grande parte” do património explorado pela Logradouro Lda.

Catarina Martins e o marido mantiveram uma “participação simbólica” no negócio. Atualmente, a coordenadora do BE tem 4% da empresa.

Questionado pelo “ECO”, fonte oficial do BE disse que a visão de Catarina Martins é a de que esta atividade representa “turismo em espaço rural” e pode ajudar a fixar habitantes e a combater a desertificação em regiões do interior do país.

A empresa Logradouro Lda explora, neste momento, quatro empreendimentos turísticos e uma unidade de alojamento local no concelho do Sabugal, distrito da Guarda. A participação de Catarina Martins nesta empresa consta nos registos de interesses entregues ao Parlamento e também ao Tribunal Constitucional.