Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Queixas no comércio electrónico aumentaram 23% nos últimos três meses

getty

Desde abril, o número de queixas contra empresas portuguesas aumentou 38,7%

Nos últimos três meses, a Plataforma de Resolução de Litígios em Linha, criada para resolver os problemas relacionados com compras online, registou um aumento de mais de 23% de queixas de consumidores portugueses, revela o “Público” esta quinta-feira.

Desde abril, o número de queixas contra empresas portuguesas aumentou 38,7% e as companhias aéreas são as empresas com maior percentagem de queixas na União Europeia, com 12,37% do total, conta o matutino.

O vestuário é o sector que se segue, com 11,13%, e os artigos relacionados com tecnologia da informação e da comunicação fecham o pódio das reclamações, com 7,26%.

Já foram apresentadas mais de 2600 queixas pelos consumidores portugueses na Plataforma de Resolução de Litígios em Linha, desde o seu lançamento em 2016.

Segundo a plataforma, as empresas portuguesas são as que suscitam mais queixas dos consumidores nacionais, surgindo logo a seguir as espanholas, as britânicas e as alemãs.