Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Portugal perdeu 2800 caixas multibanco desde 2011

Alberto Frias

Em média, o país perdeu 467 caixas ATM por ano desde 2011, segundo dados do Banco de Portugal

No final de 2017, Portugal tinha 14.500 caixas multibanco, menos 2800 que em 2011, ano da entrada da troika em Portugal, revela o “Jornal de Notícias” esta quarta-feira. Dos 14.500 balcões ATM, só 11.823 pertenciam à rede nacional SIBS.

À medida que algumas empresas privadas de balcões multibanco têm vindo a entrar no mercado nacional, como é o caso da Euronet, empresa que já tem mais de 300 postos de levantamento de dinheiro no país, o número das caixas multibanco do sistema público tem vindo a diminuir de forma regular.

Em média, o país perdeu 467 caixas ATM por ano, segundo dados do Banco de Portugal. Parte desta redução, conta o matutino, estará relacionada com o encerramento de vários postos de atendimento direto ao cliente dos bancos. Entre 2017 e 2011, desapareceram 1413 postos, o equivalente à eliminação de 236 lojas bancárias físicas por ano.