Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

OE2019. Bloco de Esquerda quer baixar impostos sobre energia

Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda.

TIAGO PETINGA/LUSA

Além dos impostos sobre a energia eléctrica, o BE quer também baixar os impostos directos sobre combustíveis

Faltam alguns meses para a discussão do Orçamento do Estado para 2019, o último da atual legislatura, mas já se podem antecipar alguns dos temas que vão ser mais debatidos entre os partidos da esquerda e o Governo de António Costa. A baixa dos impostos diretos sobre o consumo da energia será uma das prioridades do Bloco de Esquerda para as negociações do OE2019, garante Mariana Mortágua, em declarações ao “Público” esta terça-feira.

Segundo a bloquista, “o preço da energia é demasiado caro em Portugal, quer o da eletricidade quer o dos combustíveis”.

Além dos impostos sobre a energia elétrica, o BE quer também baixar os impostos diretos sobre combustíveis - ou seja o Imposto Sobre Produtos Petrolíferos, ISP. Sobre a justiça social destas medidas, Mariana Mortágua sublinha que “o ISP ainda pode ser considerado só para alguns, mas o IVA da eletricidade é mesmo para todos”.

De acordo com Mariana Mortágua, o BE pretende ainda negociar com o Governo “o combate às rendas da energia” que sobrecarregam o consumidor.