Siga-nos

Perfil

Expresso

Revista de imprensa

Três feridos dos fogos de outubro permanecem internados

Foto Nuno André Ferreira / Lusa

Após os incêndios de 15 de outubro de 2017, foram internadas 62 pessoas, a maioria das quais (52) por queimaduras

Já passaram nove meses desde os incêndios de outubro, mas ainda há três feridos internados, a receberem tratamento médico e sem nunca terem regressado a casa, devido ao sucedido, avança o jornal “i” esta terça-feira.

Uma das vítimas está internada no Hospital Pediátrico de Coimbra e as outras duas no Centro de Reabilitação Rovisco Pais, na Tocha, segundo informações fornecidas pelo Ministério da Saúde ao matutino.

Após os incêndios de 15 de outubro, foram internadas 62 pessoas, a maioria das quais (52) por queimaduras; muitas destas continuam, ainda hoje, a receber tratamento devido aos fogos, mas já puderam regressar a casa.

Também de acordo com o Ministério da Saúde, quatro feridos nos incêndios de Pedrógão Grande, de junho do ano passado, continuam a receber consultas de reabilitação.