Siga-nos

Perfil

Expresso

Regiões

Onda de multas no Rossio de Leiria

Carros a galgar passeios para estacionar nas obras e polícia a actuar sem contemplações.

Poucas horas depois de ter sido aberto ao trânsito a via que atravessa o centro da cidade e da Câmara ter apelado ao civismo dos condutores, os carros aproveitaram para galgar passeios e “estacionar” nas obras de requalificação do Rossio.

Na quarta-feira de manhã havia sido declarada “guerra” ao automóvel e realizada a solene promessa de que aquela área era mesmo para peões. À noite, dezenas de automobilistas deixaram os carros estacionados em espinha em cima do passeio que dará acesso ao Jardim Luís de Camões, um cenário que, de resto, se tem repetido. Sobretudo à noite, como parque de estacionamento improvisado para clientes dos cafés, bares e restaurantes que servem a zona histórica de Leiria.

“De forma premeditada não equacionámos a colocação de pilaretes no local, mas essa é uma hipótese que fica em aberto até ao final do ano, quando for analisado em conjunto com a polícia o comportamento da população e dos condutores”, explicou o vereador responsável pelo pelouro do trânsito da Câmara de Leiria, Fernando Carvalho.

Desde o dia da abertura ao trânsito que os contactos com a PSP são diários, revela Fernando Carvalho, sublinhando o factor dissuasor das multas, que têm sido passadas aos transgressores. A PSP não avança um número preciso de multas, mas confirma um aumento significativo, em virtude da transgressão sistemática no estacionamento. O sub-comissário Diogo Simões acrescenta que a PSP de Leiria também tem adoptado medidas preventivas, embora lembre que “não é possível ter ali um agente em permanência, o que poderia até colocar em perigo a vigilância em outras zonas da cidade”.