Siga-nos

Perfil

Expresso

Regiões

Hospital cobra taxas moderadoras atrasadas

O Hospital de Santarém está a enviar avisos de cobrança a utentes em dívida de taxas moderadoras, por cuidados prestados entre 2000 a 2006. A s quantias pedidas rondam uma média 8 a 10 euros por aviso.

Calcula-se que sejam uns 50 mil os  utentes devedores, mas fonte hospitalar afirma-nos que cerca de um quarto deles podem estar isentos, pelo que o montante global da dívida deve ser inferior a 500 mil euros. Estas taxas respeitam a atendimentos em urgência, consultas e análises e exames.

A iniciativa visa contribuir para dotar o Hospital de maior disponibilidade financeira, numa altura em que se encontra empenhado em concretizar um conjunto de investimentos na melhoria da qualidade dos cuidados prestados à população e no aumento da capacidade de resposta dos seus serviços. Exemplo desses investimentos é a abertura de uma nova área de Consultas Médicas, prevista ainda para este mês de Março.

Quanto aos utentes notificados no âmbito da campanha que agora se inicia, terão a possibilidade de regularizar a sua situação, efectuando o pagamento via Multibanco, em estações dos CTT e payshops, ou no próprio HDS, ficando ressalvadas todas as situações em que seja feita prova de que o utente beneficia de qualquer tipo de isenção prevista na lei.