Siga-nos

Perfil

Expresso

Regiões

Festa do emigrante sucede à feira

A iniciativa pretende colmatar um espaço vazio quanto a festividades na cidade.

MACEDO de Cavaleiros vai ter uma festa dedicada ao emigrante. No mês de Agosto de 2005 houve a I Feira Transmontana do Emigrante, mas em 2006 haverá a I Festa Transmontana do Emigrante, uma edição que perde a componente de Feira do ano anterior, mas ganha ainda mais em Festa.

A organização é da responsabilidade da Associação Comercial e Industrial de Macedo de Cavaleiros (ACIMC), com o apoio da autarquia local.

Segundo o presidente da ACIMC, António Cunha, com esta iniciativa pretende-se colmatar um espaço vazio de festa em Macedo de Cavaleiros, o que, segundo aquele dirigente associativo, coloca Macedo de Cavaleiros em desvantagem em relação a Mirandela e Bragança, que têm uma presença forte nas festas de Verão.

Com esta Festa do Emigrante, que decorrerá entre os dias 2 e 6 de Agosto, pretende-se que Macedo de Cavaleiros consiga atrair à cidade emigrantes e visitantes deste e de outros concelhos.

Parque de diversões gigante

A estratégia foi apostar num espaço que potencie o ambiente de festa, nomeadamente com a aposta num parque de diversões muito variadas. Segundo a organização, será o maior parque de diversões da região, onde, para além da tradicional presença de carrinhos de choque e similares, haverá a possibilidade de praticar desportos radicais, com mais ou menos adrenalina, conforme a idade e o gosto dos visitantes. Haverá também espectáculos musicais e uma forte presença da gastronomia.

A animação musical estará a cargo de Quim Barreiros, no dia da abertura, Emanuel no dia 3 de Agosto e Jorge Ferreira no dia 4. No dia 5 haverá uma das atracções desta Festa Transmontana do Emigrante: a realização de um sorteio, cuja extracção acontecerá no dia 5, sábado, de vários prémios no valor de €13.500, sendo que o primeiro prémio é um automóvel Citröen C1.

Passeios de helicóptero

No dia 6, domingo, haverá um espectáculo musical com Tony Carreira, que promete nova enchente no parque de exposições.

Para além da permanente presença de desportos radicais e do parque de diversões, as naves do recinto terão muitos carros. Na primeira estarão expostos automóveis novos, disponíveis para venda, numa tentativa de dinamização do sector por parte da ACIMC. Na segunda nave estarão em exibição automóveis antigos. No dia 5 haverá um passeio de automóveis clássicos. Este dia terá várias actividades entre as quais uma prova de tuning e a possibilidade de fazer um baptismo de voo em parapente.

No dia 6 de Agosto os visitantes poderão desfrutar de passeios pedestres ou de helicóptero sobre a cidade ou albufeira do Azibo.

A organização afirmou ao Jornal NORDESTE que já distribuiu 120.000 programas da Festa do Emigrante entre a região e as comunidades portuguesas no estrangeiro.

Já a Comissão de Turismo do Nordeste Transmontano anunciou o lançamento, durante o evento, de um livro que aborda a temática das máscaras, da autoria de António Cravo, macedense radicado em França, e do pintor António Santos Silva, residente em Paris.