Siga-nos

Perfil

Expresso

Regiões

Cachecol de lã com 36 km

Espanha e França participam nesta iniciativa comunitária que pretende divulgar o variado leque de utilizações da lã, ultimamente caído em desuso

A Associação Nacional dos Criadores de Ovinos da Raça Churra da Terra Quente (ANCOTEQ) vai promover o fabrico do maior cachecol de lã pura do mundo. A colectividade vai fornecer lã, que comprou a diversos produtores, a todos que pretenderem tricotar um pouco no cachecol. Actualmente com 12 quilómetros produzidos, a ANCOTEQ espera conseguir concretizar um cachecol com 36 mil metros, no mínimo, e com 30 centímetros de largura. O modelo é escolhido por cada participante voluntário.

A iniciativa visa dinamizar esta actividade tradicional, pelo que o cachecol gigante representa um acto simbólico. «Actualmente, a lã não tem grande valor e, com esta iniciativa, queremos promover a sua utilização», informou o vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Flor (CMVF), Fernando Barros.

Trata-se de uma acção que, através do envolvimento daqueles que se ofereçam para tricotar uma pequena parte, pretende chamar a atenção para o valor e proveito da lã. «É um produto com diversos fins e utilidades», referiu o responsável. Assim, esta iniciativa comunitária, que envolve, também, Espanha e França, pretende dar a conhecer o variado leque de utilizações da lã, como no sector primário, secundário e terciário.

Esta actividade, integrada no projecto LANATURAL, foi candidatada ao programa Interreg IIIB Espaçoatlantico e representa um custo de cinco euros por metro. Deste modo, a «partilha» da laboração é defendida pelo autarca. «Esta iniciativa totaliza um valor astronómico, o que para uma só associação, seria uma tarefa brutal», assegurou Fernando Barros.