Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Socialistas disputam vitória em Matosinhos

O autarca independente que em 2009 foi eleito pelo PS leva vantagem sobre o candidato que o PS agora quer eleger.

Martim Silva e Carlos Esteves

A eleição autárquica em Matosinhos é um daqueles casos em que uma divisão interna num partido baralha as contas todas.

Guilherme Pinto, atual presidente da Câmara, apresenta-se como independente e vai à frente na luta, com uma ligeira vantagem sobre o candidato que o PS agora apresenta.

A disputa entre os dois pelo lugar que durante muitos anos pertendeu a Narciso Miranda é um campeonato à parte em Matosinhos, dado que o terceiro lugar, de acordo com a sondagem, é ocupado por Vinha da Costa mas a uma grande distância.

Das restantes forças e candidatos, apenas a CDU parece em condições de conseguir eleger um vereador. De qualquer forma, seja o vencedor do candidato do PS ou o socialista que se apresenta como independente, este terá de conseguir fazer acordos com a oposição para garantir a governabilidade da autarquia.

FICHA TÉCNICA Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem, S.A., para o Expresso e SIC, nos dias 20 e 21 de agosto de 2013. Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente no Concelho de Matosinhos, e habitando lares com telefone da rede fixa. Foram efetuadas 619 tentativas de entrevistas e, destas, 108 (17,4%) não aceitaram colaborar no estudo de opinião. A escolha do lar foi aleatória e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo, e desta forma resultou, em termos de sexo, feminino - 51,9%; masculino - 48,1%, e no que concerne à faixa etária, dos 18 aos 30 anos - 19,8%; dos 31 aos 59 - 49,3%; com 60 anos ou mais - 30,9% num total de 511 entrevistas validadas. O erro máximo da amostra é de 4,33%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social