Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Sintra: luta renhida com Basílio na frente

Três candidatos divididos por apenas quatro pontos a poucas semanas das eleições, com ligeira vantagem para o socialista.

Martim Silva

Martim Silva

Diretor-Executivo

A luta em Sintra promete ser renhida até ao fim, com três candidatos separados por apenas quatro pontos percentuais, apesar do PS levar nesta altura ligeira vantagem.

O deputado socialista Basílio Horta consegue suplantar o independente Marco Almeida (ex-número dois de Fernando Seara na autarquia) por oito décimas de ponto, uma diferença dentro da margem de erro da sondagem.

Em terceiro lugar, aparece Pedro Pinto, o candidato oficial do PSD, também ele deputado à Assembleia da República.

Sintra, que é a segunda Câmara mais populosa do país, a seguir a Lisboa, esteve nas mãos do PSD nos últimos doze anos, e o PS pode estar próximo de recuperar uma Câmara que esteve no poder de Edite Estrela até 2001.

FICHA TÉCNICA Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem, S.A., para o Expresso e SIC, nos dias 1 e 2 de setembro de 2013. Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente no Concelho de Sintra, e habitando lares com telefone da rede fixa. Foram efetuadas 737 tentativas de entrevistas e, destas, 126 (17,1%) não aceitaram colaborar no estudo de opinião. A escolha do lar foi aleatória e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo, e desta forma resultou, em termos de sexo, feminino - 52,2%; masculino - 47,8%, e no que concerne à faixa etária, dos 18 aos 30 anos - 18,2%; dos 31 aos 59 - 49,6%; com 60 anos ou mais - 32,2%) num total de 611 entrevistas validadas. O erro máximo da amostra é de 3,96%, para um grau de probabilidade de 95%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social