Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Dois candidatos à sucessão de Jardim

Manuel António Correia também está na corrida à liderança do PSD-Madeira, depois do anúncio do autarca Miguel Albuquerque.

Marta Caires, correspondente no Funchal

Depois de Miguel Albuquerque, também Manuel António Correia - atual secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais - anunciou hoje que é candidato à liderança do PSD/Madeira.

Manuel António Correia é tido como o delfim de Alberto João Jardim, presidente do Governo Regional, numa disputa que deverá ter lugar em meados de 2014.

"É um dever para com os militantes e não militantes", explica Manuel António Correia. Advogado de profissão, de 48 anos, fez a sua carreira na administração pública, foi presidente do Instituto de Habitação da Madeira e em 2000 assumiu a Secretaria do Ambiente. Dentro do Governo, é o mais próximo de Jardim.

Alberto João Jardim entregou-lhe a coordenação da campanha eleitoral em São Vicente e Santa Cruz, os dois concelhos onde as listas de independentes ganharam ao PSD por larga maioria. Apesar das pesadas derrotas, o líder do partido não fez uma única crítica ao seu delfim, nem sequer nos escritos que todos os dias publica no Jornal da Madeira.

Não é a primeira vez que Manuel António Correia anuncia uma candidatura à liderança do PSD-Madeira. No ano passado, fez o mesmo, mas acabou por retirar quando Alberto João Jardim decidiu avançar contra Miguel Albuquerque. A explicação apresentada na altura foi de que não queria substituir Jardim, seria sempre um sucessor.  

Agora, garante, a candidatura irá avançar seja qual for a data das eleições diretas e do congresso do partido.