Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Manuela Ferreira Leite: “Pode estar-se a criar [em Portugal] uma situação absolutamente explosiva”

Portugal não precisa de protestos semelhantes àqueles que estão a acontecer em França para se perceber que “não está tudo bem, nem num mar de rosas”. O discurso do Governo, afirmou esta noite Manuela Ferreira Leite, contrasta com o ambiente de contestação e de greves que se vive

"Pode-se estar a criar [em Portugal] uma situação absolutamente explosiva", afirmou Manuela Ferreira nesta quinta-feira no habitual espaço de opinião que vai para o ar na TVI24. A antiga ministra das Finanças, na sequência da análise aos acontecimentos atuais em França, avisou que "o Governo devia seriamente pensar e alterar muito as suas prioridades porque ninguém vive melhor com défice zero".

A ex-líder do PSD disse que o movimento dos "coletes amarelos" em França foi o "rastilho que fez rebentar alguma coisa que é mais profunda", um fenómeno que comparou a uma "gota de água que fez despejar o copo". Portugal, acrescentou, não precisa de protestos semelhantes para se perceber que "não está tudo bem nem num mar de rosas". O discurso do Governo, afirmou, contrasta com o ambiente de contestação e de greves que se vive.

"Os limites estão a ficar um bocadinho inaceitáveis", opinou Manuela Ferreira Leite, dando como exemplos as greves que alastram no país, como as dos estivadores do porto de Setúbal, dos enfermeiros ou dos guardas prisionais. Para a ex-ministra das Finanças, existe um "gorar de expectativas" em vários setores.